{ "data": [ { "event_name": "Purchase", "event_time": 1697743242, "action_source": "website", "user_data": { "em": [ "7b17fb0bd173f625b58636fb796407c22b3d16fc78302d79f0fd30c2fc2fc068" ], "ph": [ null ] }, "custom_data": { "currency": "USD", "value": "142.52" } } ] }
top of page
Buscar
  • Foto do escritorEduardo Monteiro de Sá

A auto sabotagem

Hoje, 23/08/22, começo o projeto mais antigo da minha vida! Tenho-o comigo desde a (já) longínqua infância, mas por falta de confiança e medo, nunca pude iniciar.


O projeto não é nada complexo, é apenas escrever o que eu percebo do mundo, seja para opinião, uma dica ou até mesmo para desabafar. É um espaço para eu me sentir livre, mas como a auto sabotagem me bloqueou até hoje, quero trazer nesse desabafo, como eu pude transformar essa minha realidade, pois sei que existem várias pessoas aqui com muita capacidade e muitos desejos bloqueados por medo de falhar, confira:


Duas coisas me fizeram quebrar a barreira da auto sabotagem e me deram o empurrão necessário para colocar os pensamentos por aqui (nem sei se é a melhor plataforma para isso), são elas:


- Camila Farani em sua palestra no Startup Summit Floripa 2022, logo de cara fui impactado, uma das suas primeiras frases foi: "pessoas autênticas devem ser valorizadas, elas que dão a cara a tapa e transformam a sociedade". Isso sempre fez sentido em outras semânticas para mim, mas do modo que ela trouxe e naquele momento, foi o primeiro empurrão que eu precisava.


- O segundo Wow Moment foi e está sendo na leitura do clássico "Pai Rico, Pai Pobre" do Robert Toru Kiyosaki, quando ele diz no capitulo 5 sobre as pessoas que têm as oportunidades passando na frente durante a vida e não aproveitam por medo ou qualquer outro sentimento, e com isso dão a oportunidade para pessoas que nem são bem preparadas ou mais inteligentes que nós, mas sabem tomar o seu local no holofote.


Não ter medo sobre nossos desejos e ter a força de evidenciar nossa autenticidade ao público, são etapas que podem transformar nossas carreiras profissionais (e pessoais), mas são obstáculos muito temerários e nem sempre estamos preparados para isso. Nossa auto sabotagem aparece várias vezes ao dia, no trabalho, nos estudos, nos exercícios físicos, nas relações, no dizer sim ou não.


O que eu quero trazer hoje é que para começarmos a sair desse estado de auto sabotagem, é necessário que se mude a perspectiva que olhamos nossa realidade, afinal, as pessoas não se importam tanto assim com a gente e a maioria das pessoas vão esquecer de nossas pequenas "falhas", então busque ajuda profissional se for preciso, mas não tenha medo de falhar, tenha medo de viver uma vida sem tentar algo que você goste!


Até logo! Espero que tenham apreciado, me digam como melhorar e quais temas posso trazer aqui, por favor!


Obrigado!



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page